Menu
Conta
Entrar / Registrar
  • ESTAMOS RECEBENDO VISITAS EM NOSSO SHOWROOM

  • OLÁ, SEJA BEM-VINDO(A) À LOJA VIRTUAL DA SOFTPLACE E SOFT GARIMPO!

    BRNO 255 – MIES VAN DER ROHE – CLÁSSICO

    R$2.400,00

     

    MEDIDAS: 58x58x79h

    ASSENTO: 47h

    BRAÇO: 66h

    ESTRUTURA: Estofamento em espuma poliuretana revestida.

    BASE: Inox. Barras chatas dobradas e curvadas. Polimento brilhante. Com braços revestidos.

    TECIDO: Veludo Fendi

    DESIGNER: Mies Van Der Rohe 1930

     

    FABRICAÇÃO: STUDIO FORMA – Produzida dentro dos processos, matérias-primas e dimensões originais.

     

    COMO É UMA PEÇA USADA – GARIMPO – PODE TER DETALHES DE USO. Ver fotos com atenção.

    1 em estoque


    Consulte o prazo estimado e valor da entrega.

    Não sei meu CEP
    Comparar
    SKU: GARIMPO-BRNO101000-FENDI Categorias: , , ,

    BRNO 255 – MIES VAN DER ROHE – CLÁSSICO

     

    Cadeira ideal para ambientes sofisticados. A elegância das estruturas metálicas que quase sempre seguem formas curvilíneas ou anatômicas e o conforto dos assentos resultam em móveis que parecem flutuar no ar e se adaptar perfeitamente ao movimento do corpo.

     

    MEDIDAS: 58x58x79h

    ASSENTO: 47h

    BRAÇO: 66h

    ESTRUTURA: Estofamento em espuma poliuretana revestida.

    BASE: Inox. Barras chatas dobradas e curvadas. Polimento brilhante. Com braços revestidos.

    TECIDO: Veludo Fendi

    DESIGNER: Mies Van Der Rohe 1930

    FABRICAÇÃO: STUDIO FORMA – Produzida dentro dos processos, matérias-primas e dimensões originais.

     

    Dica do Especialista:  Evite a exposição à luz do sol, direta ou indiretamente pois pode provocar danos no tecido, diminuindo a beleza, a resistência e alterando inclusive a sua cor. Para não manchar, os líquidos derrubados devem ser removidos imediatamente, antes de serem absorvidos pelo tecido. Para limpeza, utilize água e sabão neutro 1/100, aplicando com um pano umedecido e em seguida passar um pano seco, nunca molhe excessivamente. Evite o uso de solventes, álcool ou benzina, óleos, vernizes ou polidores de móveis, detergentes e produtos como amônia, silicone ou graxa de sapatos.

     

     

     

    O designer Mies van der Rohe é um dos criadores do conhecido estilo modernista. A mobília do designer Mies van der Rohe é conhecida pelo excelente artesanato, uma mistura de tecidos tradicionais luxuosos, como couro, combinado com quadros de cromo modernos.
    Nenhum projeto é possível até que os materiais com os quais você projeta sejam completamente compreendidos. – designer Mies van der Rohe.

    Ludwig Mies van der Rohe, nascido Maria Ludwig Michael Mies (Aachen, Alemanha, 27 de Março de 1886 – Chicago, Estados Unidos, 17 de Agosto de 1969), foi um arquiteto alemão, naturalizado estado-unidense, considerado um dos principais nomes da arquitetura do século XX, sendo geralmente colocado no mesmo nível de Le Corbusier ou de Frank Lloyd Wright. Foi professor da Bauhaus e um dos formadores do que ficou conhecido por Art Nouveau, onde deixou a marca de uma arquitetura que prima pela sinuosidade e aparente complexidade. Os edifícios da sua maturidade criativa fazem uso de materiais representativos da era medieval, como a pedra e a madeira, definindo espaços austeros mas que transmitem uma determinada concepção de elegância e cosmopolitismo.

    Quando jovem, trabalhou na empresa de cantaria do seu pai, antes de se mudar para Berlim onde começou a trabalhar com o designer de interiores Bruno Paul. Já identificado com as novas tendências da arquitetura, Mies é convidado a lecionar na escola vanguardista de arquitetura Bauhaus, fundada pelo seu colega – e crítico – Walter Gropius. Pertencem a este seu período algumas peças de mobília medieval, onde aplica antigas tecnologias artesanais, que viriam a se tornar particularmente populares até os dias de hoje, como a Cadeira Barcelona (e mesa) ou a Cadeira Brno.

    É desse período o seu projeto mais famoso, o Pavilhão Francês da Feira Universal de Barcelona: uma estrutura bastante pesada, sustentada por delgados pilares metálicos e constituída essencialmente de planos verticais e horizontais. Após a exposição o pavilhão foi demolido, mas sua importância foi tal que voltou a ser construído na década de 1990, como homenagem ao arquiteto e como símbolo do modernismo.

     

     

     

    Produzir móveis clássicos de designers consagrados com alta qualidade. Esta é a proposta da Studio Forma, reconhecida no mercado pela qualidade na produção dos originais do design internacional com a mesma eficiência, durabilidade e qualidade com a qual as peças foram concebidas. Para a Studio Forma, além da forma, os móveis devem carregar seus significados, ou seja, serem fiéis às idéias e autenticidade de seus idealizadores. A alma das criações deve ser preservada, a fim de respeitar as características específicas de cada designer.

    Para tal, a matéria-prima e proporções do projeto original são mantidas. A fim de aprimorar a produção, mecanismos tecnológicos atuais são inseridos no processo de fabricação, para garantir a qualidade do produto. Tudo isso porque a marca entende que forma, função e significado devem estar em sintonia para serem capazes de, juntos, transformar um móvel em muito mais que um utensílio, melhorarem os ambientes, deixá-los mais bonitos, mais alegres e dotados de valores tanto culturais quanto estéticos.

    Entre os designers que perpetuam na história, figuram nomes como Arne Jacobsen, Charles & Ray Eames, Eero Saarinen, George Nelson e Le Corbusier, entre outros. Cadeiras, mesas de centro e mesas laterais, aparadores, sofás e poltronas sofisticadas compõem a gama de produtos oferecidos pela marca, que está sempre expandindo a quantidade de produtos. Entre os destaques, aparecem ícones clássicos que marcam presença constante nas ambientações de interiores contemporâneos, como a Poltrona Egg, de Arne Jacoben (1958), que traz formas orgânicas; a tradicional Poltrona Barcelona, que leva assinatura de um dos revolucionários da arquitetura modernistas, Mies Van der Rohe; a leve e atemporal Mesa Saarinen, de Eero Saarinen e algumas das charmosas invenções de Le Courbusier.

    Atenta a necessidade do mercado brasileiro na busca por novas coleções de produtos, a empresa passou a investir ainda em parcerias com importantes escritórios de design internacionais como, Decoma Design e Simone Micheli Architectural Hero, bem como com importantes nomes do design nacional, Nó Design, Ovo e André Cruz.

    Para que tudo isto fosse possível, ao longo de sua existência, a empresa veio aprimorando seu processo fabril. Para isso, foram feitos vários investimentos também em equipamentos com tecnologia adequada a necessidade de modernização dos processos de fabricação, preocupando-se, sempre, em manter as características técnicas e design dos novos produtos aliadas aqueles já em fabricação, sem perder o toque artesanal que consagrou a Marca. Com grande experiência em processos como: trabalho em metais, desde curvamento de tubos e maciços de aço inox, aço carbono, perfilados de alumínio, usinagens de componentes metálicos em CNC, até acabamento final de polimento, pintura e tapeçaria, além de contar com Marcenaria e processo de peças em Fiberglass, a Studio Forma possui outro grande diferencial, que é um time de profissionais especializados, que evoluíram junto com a empresa e podem ser traduzidos como verdadeiros experts em desenvolvimento e execução de novos produtos.

    Como não poderia deixar de ser, o resultado de tamanha expertise pode ser observado no acabamento dos produtos, que, além de beleza e conforto, destacam-se pela qualidade e esmero de cada detalhe, tornando cada peça, uma obra de arte.

    Avaliação


    Seja o primeiro a avaliar “BRNO 255 - MIES VAN DER ROHE - CLÁSSICO”

    *